expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

quarta-feira, janeiro 07, 2015

2015 - Esperança em dias melhores

O próximo ano poderá ser um ano melhor para os Açores. Um ano que se apresenta com boas perspectivas de algum alívio na tragédia social e económica que se vive na região.

Apesar do Governo Regional ter vindo a dar mostras de não saber como potenciar as oportunidades que existiram ao longo dos últimos anos e vir, consequentemente, a desperdiçar o muito que tem sido possibilitado, por exemplo pelos fundos comunitários, a verdade é que em 2015 os Açores podem vir a ter motivos para respirar um pouco após as tormentas geradas pelo resgate que o PS impôs a Portugal e aos Portugueses.

Em 2015 os Açorianos assistirão a uma mudança de paradigma nos transportes aéreos com o exterior, através das alterações promovidas no serviço de transporte aéreo com o continente, começa já a ser notória a concorrência pela conquista de passageiros e alguma redução substancial do preço das viagens aéreas com os Açores.

Subsistem, é certo, algumas incertezas sobre o resultado do novo modelo para situações em concreto. Mas, na generalidade, começa já a economia Açoriana a acalentar esperanças de um ano novo com muito de melhor, desde logo no turismo.

Não podemos, também, deixar de fazer notar que esta situação resulta de um Governo na República do PSD e CDS. Bem podem dizer tudo o que quiserem mas o facto é este: até hoje, nenhum outro Governo tinha dado o passo de liberalizar as ligações com os Açores, permitindo esta nova abordagem da relação do transporte aéreo com a região.

Por outro lado, e também porque este Governo da República PSD/CDS descongelou a questão que havia sido congelada pelos governos do PS, o salário mínimo regional passa para mais de quinhentos e trinta euros mensais, ajudando uma maioria de famílias dos Açores que auferem esse mínimo e que podem, assim, enfrentar um pouco melhor os problemas causados pela crise e pelo resgate de Portugal.

Para além disso, e a juntar à já conhecida redução de IRS que beneficiará todo o país, os Açores terão uma redução de impostos, possibilitada pelo aumento do diferencial fiscal com a República, questão essa colocada na agenda nacional pelo PSD Açores e pelo seu líder Duarte Freitas, e que muito tem incomodado o Governo dos Açores e a generalidade dos Socialistas

Não deixa de ser curioso que depois de anos a criticarem os aumentos de impostos, o tal brutal aumento de impostos que nos impôs a TROIKA e o resgate a que os socialistas levaram Portugal, sejam esses mesmos socialistas que tanta dificuldade têm em ver com bons olhos algo que é intrinsecamente bom para a generalidade dos Açorianos e que é a redução de impostos por via de os Açores terem uma carga fiscal mais baixa do que o continente e que agora pode ainda ser mais baixa do que foi nos últimos anos.

Até agora, nunca ninguém assistiu nos Açores a um membro do Governo, ou a algum responsável político do PS, vir lamentar-se do brutal aumento de receita fiscal de que a região beneficiou por via da nova fórmula de capitação do IVA nacional ou pelo aumento de impostos a que todos foram sujeitos no país e na região. Estranhamente agora, que se pode devolver algum dinheiro aos bolsos dos Açorianos, fruto do seu rendimento, do seu trabalho, dos seus sacrifícios, anda todo o socialismo regional de "cara fechada", incomodado por ter sido, também esta, uma conquista da perseverança do PSD Açores junto da República.

Há uma nova esperança em dias melhores para 2015, que isso seja sinal de alguma recuperação regional, mesmo que o PS não o compreenda!


(Publicado no Diário Insular, Açoriano Oriental e Rádio Graciosa)

Sem comentários: